01 março 2017

Olá, Março! Bye, bye Fevereiro!


Fevereiro saiu a correr, nem dei por ele a passar, tirando as belas férias que tive na Serra da Estrela. Essas sim, passaram a correr. Mas Março já cá está e com ele vem novidades e objectivos novos.

Na semana passada decidi que precisava ~mesmo~ de começar a comer mais legumes e menos massas. Desde as férias do Natal que comecei a abusar no pão - logo eu que pouco ou nada sou amiga de pão. Passou Janeiro e eu sempre a comer mal e porcamente - no meu vocabulário: massas, pão, fatias de ovo, torradas, doces ~às vezes~ e porco, porco, porco. Fevereiro chegou e por ter ido de férias, tomei novamente o gosto por poder ser eu a cozinhar (na minha casa - dos meus pais - mal posso tocar no fogão). Tudo muito bonito até voltar ao trabalho. Só comia porcaria ao pequeno-almoço, bebia muito menos água do que o normal, os lanches eram bolos e bolachas e a minha barriga começou a aparecer. *panic*

Dias depois de decidir que precisava mudar, apareceu-me uma oportunidade de génio: ir a uma nutricionista para pedir alguma ajuda. Consulta marcada e no meio disto apareceu-me outra oportunidade de génio: uma avaliação Herbalife. Sim, Herbalife, leram bem e podem começar já a rogar pragas que eu estou-me nas tintas.
Pensei que ter duas avaliações gratuitas e sem compromissos podia ser bom para ver o que me ia calhar melhor para fazer as mudanças na minha vida.

A consulta com a nutricionista atrasou uma semana e no domingo passado tive a avaliação da Herbalife. A senhora mediu, pesou e falou: está com excesso de peso. Não é novidade para mim, já o sei há muito tempo, mas nunca me importei com isso nos últimos anos. Tem uma idade biológica de 39 anos. Estou bem velha, valha-me Deus! E quando vi uma foto que me tirou, fiquei de boca aberta. Credo, aquela sou eu?.
Agora estão vocês a perguntar-me mas quanto é que pesas afinal?, pois bem, preparem-se que o número é feio: 75,9kg. Para muitos isto não é nada de especial, mas para mim é. Na minha cabeça existe a ideia de que se eu não gostar de mim, não vou conseguir lidar com as coisas e pessoas de que gosto da mesma forma. Por isso, apostei num kit de experiência e numa alimentação ainda melhor. Recebi dicas espectaculares de como me organizar ao longo do dia fazendo 6 refeições, da comida que eu podia ou não comer, no que devia cortar (pão branco, fritos, bla bla bla), a quantidade de água que devia beber e até me ajudaram com os snacks do dia. Adorei!

Só passaram 3 dias do kit de 6 dias, sinto-me menos inchada, mais ~leve~ e sem fome o tempo todo.

Hoje fui à consulta com a nutricionista, a senhora mediu, pesou e falou: está com excesso de peso. Mais uma vez, não é novidade, mas achei que ia ser uma consulta melhor. A senhora sai-me com um plano de 3 passos de dieta em que tinha de fazer uma alimentação equilibrada e tomar suplementos e drenantes à base de plantas naturais. Nisto diz-me que cada consulta é 7,5€ e que posso marcar logo ou marcar depois. Ficámos assim. Mas isto é que é ir a uma nutricionista? Uma consulta de nutrição? Eu sei que foi de borla, só que não precisava ser tão pobre! Eu achei que podia receber ideias boas para a minha alimentação ou assim, não uma lavagem ao cérebro para comprar produtos ~milagrosos~ e cenas. Ok, tinham-me dito que seria assim, mas não acreditei e, pronto, foi no que deu.


Como todas as dietas, não é fácil, mas eu estou focada e motivada, até porque ter apoio ajuda mesmo muito. A minha mãe não ajuda lá grande coisa, mas as mães são assim come só isto hoje, come disto que é bom, porém conquistei ~finalmente~ o meu lugar na cozinha e já tenho duas receitas para partilhar com vocês: a minha maneira de fazer Papas de Aveia e Filetes de Salmão com Curgete no forno. Acho que vão adorar!


Experimentei um produtinho novo da Yves Rocher e preciso de vos falar sobre ele: o creme hidratante anti-vermelhidões, Sensitive Vegetal. Ainda quero fazer um review decente disto.


Março vai ser cheio de objectivos bons e estou super entusiasmada para o enfrentar, principalmente a nível do trabalho. Tem sido tão cansativo e stressante que espero ter energias para aguentar. Vamos a ver!

7 comentários :

  1. Por aqui também se quer perder uns quilinhos... Ando a pensar num detox para me motivar depois para o ginásio e para uma alimentação mais equilibrada :)
    Go girl! Bom mês de Março :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uiii :D então muita forçinha para nós as duas! :D

      Eliminar
  2. Se fosse pelas mães seríamos todos obesos.ahahah
    Força, vais ter um grande mês pela frente de certeza!:D

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer. E pelas avós? A minha avó dizia-me sempre "comes tão pouco", agora são as avós do meu moço que acham sempre que eu comi pouco, mesmo repetindo o prato xD

      Eliminar
  3. Agora que li o teu testemunho completo, confesso que, tal como torço o nariz para a nutricionista que escolheste, também torço para o que quer que te tenham dado na HerbalLife. Não só tiveram o mesmo comportamento que a nutricionista - afinal de contas, só lá foste uma vez e deram-te logo um kit - como também tive de estudar muitos dos produtos deles e... apenas digamos que nunca os irei, sob nenhuma hipótese, consumir ou usar (muito menos recomendar) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O kit é opcional e eu quis experimentar porque às vezes para desenrascar de manhã dá jeito, mas algo que eles me falaram primeiro foi numa alimentação mais saudavel, dando-me dicas de refeições e tudo mais, e em exercicio fisico. Só depois é que falaram dos produtos. Não acredito em batidos milagrosos, acredito sim que posso ter uma alimentação mais cuidada e bem melhor do que aquela que eu fazia. E tenho feito e tem-me sabido bem melhor!

      Já a nutricionista nem sequer falou em comida a bem dizer. Falou logo naquilo e está a andar: quer, quer e se não quer, acabou.

      Eliminar
  4. Quero ver essas receitas :)
    Minhami! ***

    ResponderEliminar

UP!