Cinema #2: Últimos filmes vistos

06 dezembro 2016


MESTRES DA ILUSÃO 2

Sinopse:  Um ano após os eventos relatados no primeiro filme, em que arrebataram o público ao mesmo tempo que conseguiram enganar o FBI, os Quatro Cavaleiros regressam aos palcos. Obrigados a agir sob as ordens do excêntrico e mal-intencionado Walter Mabry, um magnata da tecnologia, têm de encontrar um modo de se protegerem. Com as suas "performances" de ilusionismo ao estilo Robin dos Bosques, cujo objectivo principal é beneficiar os mais fracos, Daniel, Jack, Merritt e Lula reúnem-se mais uma vez para um grande número de magia que promete ser o mais espetacular de sempre. E com o qual tencionam revelar ao mundo as verdadeiras intenções de Mabry.

A minha opinião: Em comparação ao primeiro filme, este teve bastantes mais esquemas e truques. Não se limitou aos espectáculos deles, mas a desvendar um verdadeiro ladrão. Para isso recorreram aos truques mais malucos e em parte blow mind para que chegassem ao resultado que queriam. Não fiquei desiludida, tal como não fiquei com o primeiro filme, mas esperava um pouco menos de reviravoltas, digamos assim.


_

BONS RAPAZES

Sinopse:  Los Angeles (EUA), década de 1970. Amelia, a filha de Judith Kuttner, uma funcionária do Departamento de Justiça, encontra-se desaparecida. Desesperada, Judith contrata Jackson Healy, um detective privado cujos métodos pouco ortodoxos o tornaram uma espécie de celebridade na área. O que rapidamente vem a descobrir é que o desaparecimento parece estar estranhamente relacionado com a morte de uma antiga estrela de filmes pornográficos. Quando a missão se revela mais complicada do que se previa, Healy pede ajuda a Holland March, um colega de profissão que, embora um pouco limitado, parece estar ligado à mesma investigação. À medida que vão avançando, eles percebem que se estão a envolver numa conspiração com ramificações inesperadas.

A minha opinião: Não sei se é de mim, mas achei o filme simplesmente parvo. Sim, tem partes interessantes, mas no geral não passa disso, da intenção de ser um bom filme e acaba por se perder um pouco com as piadas e trapalhices em que as personagens se metem. O Holland é um trapalhão completo, para detective é distraído demais. O outro é duro demais. Basicamente há um contraste entre ambos que cria uma boa parceria. É um filme que nos permite passar um bom bocado e para mim foi só isso.


_

OS TRAFICANTES

Sinopse: Ano de 2007. Os EUA estão em conflito armado com o Iraque desde 2003. Dois amigos aproveitam uma iniciativa do Governo que possibilita que pequenas empresas participem em contratos militares. Tudo lhes corre de feição, com alguns negócios que lhes proporcionam um estilo de vida em Miami muito acima da média. Até que um dia, movidos pela ambição, aceitam participar numa missão de 300 milhões de dólares para fornecer munições às forças de segurança no Afeganistão, aliado dos EUA contra o Iraque. O que eles não podiam imaginar era que esse contrato os iria colocar na mira de pessoas verdadeiramente perigosas, incluindo do próprio Governo norte-americano.

A minha opinião: Mais um filme parvo, nada que eu não esperasse destas duas personagens, mas é um filme muito muito muito fixe no geral. Confuso? Eu explico: é baseado numa história verídica, o que me cativou mais a ver e nota-se que nos negócios nada corre como se espera, principalmente na situação destes dois. Foi bom ver que a história acabou decentemente, vá, pelo menos quem mais culpa tinha ficou a pagar por isso. Bom e sendo com estes dois, a galhofa é muita. Desde cenas absolutamente calmas ou tensas em que de repente um deles ri-se de forma estranha e nós não conseguimos aguentar sem rir também. No geral é um filme com um argumento muito bom e que nos prende do início ao fim.


_

MONSTROS FANTÁSTICOS

Sinopse: “Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los” começa em 1926, quando Newt Scamander termina a sua excursão global para encontrar e documentar um extraordinário leque de criaturas mágicas. Chegado a Nova Iorque para uma rápida estadia, poderia ter passado despercebido… se não fosse um SemMage (denominativo de Muggle, em Americano) chamado Jacob, uma mala mágica extraviada e a fuga de algumas das suas criaturas fantásticas, que vão lançar problemas quer ao mundo dos feiticeiros quer ao dos SemMages.

A minha opinião: Já toda a gente tinha visto o filme e todos tinham falado dele por esses blogs fora. Eu fui ver 2 dias depois da estreia, porque estava há ~imenso~ tempo à espera da estreia e simplesmente calhou ir ao cinema nessa altura. ADOREI o filme! Aliás, surpreendeu-me ainda mais, porque tem os efeitos certos, a magia certa e simplesmente prende-nos ao ecrã do início ao fim. Achei que podia ter havido mais algum aprofundamento com a ligação ao Dumbledore e a tantas personagens que conhecemos do mundo Harry Potter, mas para primeira abordagem não fiquei nada desiludida. É bom ver a história antes de chegarmos a Hogwards, antes de entrarmos na escola. Agora só me resta esperar por mais ~novidades~ deste mundo.


3 comentários

  1. É uma pena o Bons Rapazes não fazer mais do que entreter, porque tem 2 atores fantásticos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer. Pensei que ia ser bem mais interessante do que aquilo que foi.

      Eliminar
  2. Ainda não vi nenhum...mas vou tomar nota!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar

© let's do nothing today por Vanessa Moreira.