28 setembro 2016

Today Talks: Gente sem noção


As pessoas gostam muito de criticar os outros sobre tudo e sobre nada. Ouço diariamente comentários ao aspecto dos outros, quando o deles não é, nem de perto, nem de longe, igual ao que consideram o aspecto ideal. Ouço diariamente comentários sobre a vida dos outros, quando a vida deles não acrescenta nada de melhor.

Eu tento abstrair-me destas coisas, mas há sempre aquela pressão de quererem incluir-nos em conversas que não são aquelas que queremos entrar. (Fiz-me entender?)
Vou dar um exemplo da semana passada... estamos no fim de uma semana exausta de trabalho, chega alguém mais velho e depois de ser atendido manda uma ~boca p'ro barulho: só trabalha quem não sabe fazer mais nada. Se é que isto tem alguma lógica. Sei lá, eu ignorei a senhora, fiz de conta que nem ouvi o que ela disse, porque sei que se lhe respondesse ela ia ter aquilo que queria e eu quanto mais depressa a despacha-se, mais depressa estava longe dela.

Há pessoas que fazem questão de querer que os outros andem mal, se sintam pior do que provavelmente algumas pessoas já andam, parece que lhes dá gosto.
Desde que estou a trabalhar, ando mais feliz, mais animada, mais cansada, mas consegui emagrecer 4kg sem dietas, a comer a horas certas, a mexer-me no meu trabalho, a ser um simples ser humano (o que para mim é uma espécie de felicidade interior, não ter de fazer muito para perder números). MAS, mesmo assim, ainda há pessoas que me vêem a lanchar e dizem não comas que estás gorda. Sinceramente, eu sei que tenho excesso de peso, apesar de ter 72kg e 1,70m, dou-me lindamente com esses números (e cada vez melhor) e ainda há pessoas que são bem maiores que eu, só que andam a mandar essas dicas como se eu tivesse pedido alguma opinião sobre a minha figura. Well.

Ultimamente, e cada vez mais, sempre que algo negativo se atravessa no meu caminho, eu fico calma, na minha, tento contornar a coisa. Tive de aprender a controlar o meu stress, o meu mau feitio e todas as coisas negativas que eu tinha em mim... e isso tornou a minha vida bem melhor. Eu era assim antes da Universidade, antes do maldito estágio que fiz. Felizmente voltei a ser eu, a Vanessa descontraída, calma, que resolve tudo sem ser ao ~pontapé, que aproveita a vida ao máximo, o tempo livre ao máximo, que aprecia as pequenas coisas do dia-a-dia.

De nada me ia adiantar discutir com a senhora sobre a boca non-sense que ela mandou, aliás, só me ia fazer perder tempo com coisas que não me fazem bem. De nada me adianta debater com alguém que me chama gorda, dizendo que nunca fui magra, nunca fui elegante, nunca fui pequena e que já perdi Xkg nos últimos 5 meses, essa pessoa nunca ia dar importância, porque há pessoas que são tão pequenas, tão infelizes com elas mesmas, que precisam expressar-se de uma forma ou de outra para que se sintam melhores.

Well... eu achava que tinha sido o mês de Agosto a avariar muitos cérebros, mas já estamos no Outono, a caminho de Outubro.

5 comentários :

  1. É triste e dá pena porque essas pessoas são pequenos monstrinhos que não conseguem ser felizes e que por isso têm a missão de atazanar a cabeça dos outros. Felizmente também já consegui "domar" a minha impulsividade e o meu mau feitio em relação a certo tipo de comentários com os quais não vale a pena perder tempo.
    Fico muito feliz por a vida te andar a sorrir!:)

    beijinhos,
    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinceramente já não era sem tempo. Tenho tido tanto azar nos últimos tempos, felizmente anda tudo a compôr-se :D

      Eliminar
  2. Haverá sempre gente mesquinha por esta vida fora. É só sorrir e acenar!

    www.letmebelieve.com

    ResponderEliminar
  3. Essas pessoas são infelizes e querem tornar os outros também infelizes!
    É ignorar e não dar importância.
    Gostei do teu blog...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada ^.^
      Completamente, ainda para mais quanto mais importância lhes damos, mais tempo ficam ali à nossa beira a encher-nos os ouvidos.

      Eliminar

UP!