NEVE N.09: DESPORTOS DE NEVE

29 março 2016

Serra da Estrela 2016

Eis que houve um regresso à Serra da Estrela, quase um mês depois de termos lá estado, onde fomos aproveitar para gastar o nosso voucher da estância de ski e usufruir da boa neve que tinha caído nesse fim-de-semana (sim, porque nós só vamos à Serra durante a semana).


Serra da Estrela 2016

Saímos de casa por volta das 6h da manhã para chegarmos cedo (às 10h30) e aproveitarmos o dia inteiro na estância de ski, mas nem tudo foi um mar de rosas. Queríamos marcar aulas de aperfeiçoamento, queríamos alugar material, queríamos divertir-nos e... não tínhamos cartão de crédito para deixar em caução, não podíamos pagar com cartão para depois nos voltarem a transferir, resultado? Tivemos de regressar à Covilhã (toca de descer tudo, porque não há multibanco na Torre, nem nas Penhas da Saúde), levantámos um valor absurdo em dinheiro para pagar a caução e podermos estar descansadinhos da vida - como quem diz - a fazer ski e snowboard. Nisto, eram quase 14h, hora das aulas e ainda nem tínhamos aproveitado nada.

Serra da Estrela 2016

Bem, eu sou a esquiadora e ele o snowboarder. Agora arranjaram um novo mecanismo para transportar as pessoas, que era este tapete, mas se querem que vos diga, acho que nunca me irei habituar a isto, preferia o teleski. Além de ser super complicado subir a rampa, virar, etc. com os skis, ainda leva o dobro do tempo a chegar lá em cima, pára imensas vezes e... enfim, é só uma perda de tempo em comparação ao mecanismo anterior. Dizem eles, os instrutores que isto é melhor para quem está a começar, mas a mim não me enganam.

Andei a ter a minha aulinha de aperfeiçoamento, já desci o 40 (uma das pistas difíceis) e devo dizer-vos que mandei um alto espalho e até atirei com a minha instrutora ao chão. Não é muito fácil para mim, uma mariquinhas assumida, descer coisas tão inclinadas como aquelas em Ss. A sério, ninguém merece! Depois acabei por passar mais tempo cá na pista de aprendizes, porque não estava a sentir-me preparada para aguentar a 40 de novo.

Serra da Estrela 2016

No segundo dia regressamos à estância, esteve um calor absurdo (10ºC no topo e um vento gelado que não nos deixava tirar casacos) e no final do dia fui presenteada com este miminho: um pôr-do-sol em altura com direito a um sundog. Que coisa linda!

Serra da Estrela 2016

A nossa estadia era para ter sido de 3 dias: chegar num dia, ficar outro e ir embora no terceiro. Mas mudámos de ideias porque sabíamos que ia nevar, então ficámos a descansar na Pousada da Juventude, vimos nevar, andámos a brincar enquanto nevava e chegámos encharcados ao quarto.

Serra da Estrela 2016

No dia seguinte rumámos de novo à estância, com esta vista linda e neve bem fresquinha, onde apanhámos nevoeiro e andámos nas pistas enquanto nevava (nota-se bem pelo capacete que o cume tem nesta foto), mas foi um excelente dia para despedida da Serra por este ano e a mana da Estrela, a Gardunha, deu-nos um pôr-do-sol maravilhoso como lembrança.

Serra da Estrela 2016

//

Para ver mais posts sobre a viagem:






Enviar um comentário

© let's do nothing today por Vanessa Moreira.